Artigos por Verde Louro

Não é novidade que o azeite de oliva brasileiro vem ganhando força e, gradualmente, caindo no gosto dos brasileiros. Mesmo que, atualmente, 99% dos azeites consumidos aqui ainda sejam importados, o 1% restante, produzido em regiões mais ao Sul do Brasil, vem galgando cada vez mais espaços. Um exemplo é a Verde Louro Azeites, que anunciou uma safra de mais de 32 mil litros de azeite em 2023, o dobro do registrado no ano passado. 

Continuar lendo

Repleta de premiações internacionais, a Safra 2023 da Verde Louro já está disponível em diversos parceiros nos empórios e lojas especializadas e também no e-commerce próprio.

Com 5 variedades e um Blend de Edição Limitada, apresenta deliciosos sabores para as mais variadas harmonizações na sua cozinha. Em parceria com o mestre azeitólogo Marcelo Scofano, foi desenvolvido o Descritivo Sensorial da Safra 2023, que pode te ajudar na escolha dos melhores azeites, conforme as preferências do seu paladar e as melhores harmonizações. Conheça as variedades Verde Louro.

Continuar lendo

Você sabia que o azeite de oliva extra virgem é um alimento fundamental para um crescimento saudável? Além de garantir qualidade de vida, é também muito importante para o desenvolvimento intelectual e cognitivo das crianças e ajuda a manter as doenças bem longe dos pequenos. Os alimentos ricos em nutrientes, proteínas, fibras e cálcio auxiliam no crescimento saudável.

Continuar lendo

A Safra 2022 da Verde Louro já está nas melhores lojas e empórios, e assim como nos outros anos, chega deixando marcas com duas premiações internacionais.

Além das variedades já conhecidas, Arbequina, Arbosana, Koroneiki, Frantoio, Blend Ed Limitada e dois Azito's Kids Arbequina e Koroneiki, temos ainda duas novidades: Picual e Coratina. Assim como a variedade Frantoio, as duas novidades da safra estão com venda exclusiva na loja online.

Continuar lendo

O inverno já está entre nós e com a chegada do clima frio é importante ficar atento aos cuidados com a saúde, pois é neste momento em que as doenças respiratórias se agravam. Além disso, o número de infartos sobe em 30% quando a temperatura fica abaixo dos 14 graus, sendo consideradas mais vulneráveis neste caso pessoas com colesterol elevado e pressão alta. Outra parte do corpo que sofre danos com o frio severo é a pele, que pode ficar ressecada ou irritada.

Continuar lendo

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!