Novembro azul: Dicas de prevenção para a saúde masculina


Novembro azul: Dicas de prevenção para a saúde masculina

Novembro é o mês de prevenção à saúde masculina e acontece em todo o mundo a Campanha de prevenção ao câncer de próstata. No Brasil, este é o segundo câncer mais comum entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma, segundo o Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). O objetivo da campanha é falar sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce, já que o câncer de próstata é uma doença silenciosa e que não se manifesta em sua fase inicial. O preconceito ao exame ainda é um dos maiores agravantes para a descoberta da doença em seu início.

Por mais clichê que possa parecer, bons hábitos ainda são importantes na prevenção do câncer. Homens com obesidade, fumantes, que consomem álcool com frequência e não praticam nenhum tipo de exercício físico possuem mais chance de desenvolver a doença. Por isso, manter um estilo de vida saudável, com foco na alimentação e atividades físicas são fatores importantes na prevenção.

Principais cuidados

O azeite de oliva extra virgem é um alimento anti inflamatório e possui antioxidantes fenólicos, que não podem faltar na alimentação. Homens com diagnóstico de câncer que substituem a gordura animal por uma dieta com gordura vegetal diminuem o risco de propagação da doença e tem mais chances de sobreviver, segundo estudo realizado pela Universidade da Califórnia. Trocar carnes gordas por carnes magras também é uma mudança importante.

Lembrando que a dieta deve ser equilibrada e balanceada para que o corpo aproveite os benefícios de cada alimento. A dieta do mediterrâneo, por exemplo, é conhecida pelo equilíbrio. Rica em alimentos vegetais, azeite, verduras, legumes e peixes, este tipo de alimentação fornece uma maior quantidade de nutrientes. Confira os alimentos que não podem faltar para prevenção e combate de células cancerígenas.

Oleaginosas: Alimento rico em selênio, possui ação antioxidante e auxilia no combate às células cancerígenas. Pode ser consumida diariamente na porção de 10 a 30 gramas de castanhas.

Soja e derivados: fonte de isoflavonas, protege contra várias formas de câncer, destacando-se os cânceres de mama e próstata.

Tomate, goiaba e melancia: contém licopeno, substância antioxidante responsável pela coloração vermelha desses alimentos. Estudos comprovam a ação do licopeno na prevenção do câncer de próstata.

Vegetais crucíferos (brócolis, couve-flor e repolho): contêm sulfarofanos, substâncias capazes de eliminar substâncias químicas responsáveis por mutações cancerígenas. Seu consumo tem sido associado a um menos risco de câncer de mama, útero, próstata, intestino, bexiga, pulmão e laringe.

Linhaça: fonte de lignana, um fitoestrógeno de ação relacionada à prevenção de câncer de mama, colo do útero e próstata.

Chás verde e branco: rico em compostos polifenóicos de efeito anticancerígeno. As catequinas dos chás verde e branco atuam inibindo a iniciação e o desenvolvimento de tumor (pulmão, esôfago, duodeno, pâncreas, fígado, mama e cólon).

Uvas vermelhas, suco de uva e vinho tinto: contém altas concentrações de antioxidantes fenólicos (catequina, epicatequina, resveratrol) que são potentes agentes preventivos do câncer.

Alho: fonte de alicina. Inibe a ação de nitrosaminas, associadas ao câncer do aparelho digestivo.

Frutas cítricas (laranjas, limas, limões e tangerinas): fontes de vitamina C e limonóides, substâncias antioxidantes. Apresentam efeito preventivo contra o câncer.

Probióticos: reduzem o risco de desenvolvimento de alguns tipos de câncer.

Cúrcuma: fonte de curcumina, um potente antioxidante, que atua na prevenção do câncer, pois induz a morte das células malignas.



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!