Conheça a origem do azeite segundo a mitologia grega


Conheça a origem do azeite segundo a mitologia grega

A oliveira é uma planta milenar considerada símbolo de paz, sabedoria e prosperidade. A origem do azeite segundo a mitologia grega tem diferentes versões, mas todas elas mostram a importância da oliveira para práticas religiosas, ritos, atividades esportivas, usos medicinais e gastronômicas.

A mitologia e a história se misturam quando o assunto é a fundação da cidade de Atenas e a importância da oliveira na Grécia Antiga. Ficou curioso para saber mais? Então veja as curiosidades que trouxemos para você!

A oliveira e o cavalo

Os gregos utilizam da mitologia para explicar sua história. Por se tratar de mitos e lendas, podemos encontrar versões diferentes de um mesmo caso. Isso aconteceu com a história do azeite, iguaria que, segundo a mitologia grega, tinha origem divina.

Tudo começou quando Poseidon — deus do mar e irmão mais velho de Zeus — disputou com sua sobrinha Atena — deusa da sabedoria e filha de Zeus — a proteção de uma nova cidade fundada na Grécia. Diante do interesse dos dois deuses, foi estabelecido que quem oferecesse o melhor presente ao povo da cidade seria considerado divindade patrona.

Uma das versões conta que o deus Poseidon fez surgir um belo cavalo, enquanto a deusa Atena criou uma oliveira capaz de produzir azeite. A oliveira foi escolhida como o presente mais valioso para à humanidade. Em forma de agradecimento, Atena se tornou a patrona e a cidade recebeu o nome de Atenas.

Dica: Descubra os principais benefícios da folha de oliveira para sua saúde

A oliveira e a fonte

Em outra versão da história de Atena e Poseidon, a disputa começa pelo mesmo motivo: ambos desejam se tornar a divindade patrona da nova cidade grega e precisam dar um presente para os humanos.

Nessa versão, Poseidon bateu com seu tridente no solo e fez surgir uma fonte de água marinha (salgada), que a população da cidade não viu grande utilidade. Depois dele, Atena se apresentou, bateu sua lança na terra e se ajoelhou para plantar um ramo de oliveira. Foi assim que surgiu a árvore de oliveira.

A deusa ensinou aos homens como comer seu fruto (azeitona) e a extrair o azeite. A população da cidade achou que a oliveira seria mais útil e importante. Sendo assim, Atena foi escolhida para ser a protetora divina e a cidade passou a se chamar Atenas.

Diz essa lenda que o deus Poseidon não aceitou perder a disputa, e amaldiçoou a cidade de Atenas para nunca ter água suficiente para abastecer seu povo.

Conheça os azeites extra virgem Verde Louro clicando no banner abaixo!

Compre o azeite Verde Louro online

O simbolismo da oliveira

Baseada na origem mitológica, a oliveira passou a ser considerada uma árvore sagrada. Os gregos acreditavam que ela tinham qualidades divinas e puniam quem ousasse arrancar uma oliveira.

Na Grécia Antiga, os campeões dos Jogos Olímpicos eram coroados com grinaldas de ramos de oliveira. A árvore representava o símbolo de poder, vitória, paz e sabedoria. As mulheres que desejavam ser mães, para passar por uma gestação tranquila e abençoada, deviam ficar sentadas sob a sombra de uma oliveira.

Em funerais, os mortos eram enterrados e sobre seu leito eram colocados raminhos de oliveira com intuito de proteger as almas. As pessoas que acompanhavam o funeral tinham coroas de ramos de oliveira para se protegerem do mal.

Dica: Saiba qual é a diferença entre virgem, extra virgem e azeite de oliva refinado

As utilidades do azeite na Grécia

Os gregos usavam o azeite em cerimônias religiosas e em rituais. Ele era usado para abençoar a cabeça dos reis, dos nobres, dos cardeais e de soldados vitoriosos.

Na Grécia Antiga, com um pão regado ao vinho e misturado no azeite, se preparava  o acrónito — o prato principal da época —, que era acompanhado por legumes, azeitonas, pescados e carnes.

Nas Olimpíadas, o azeite era passado em todos os participantes da competição durante a celebração dos jogos. Os vencedores dos jogos Panhelênicos eram premiados com uma vasilha de azeite.

azeite foi também muito importante para o uso medicinal: ele era utilizado para tratar os ferimentos, curar problemas de estômago, otites e pele.

Gostou de conhecer a origem do azeite segundo a mitologia grega e quer acompanhar outras informações e curiosidades? Assine a nossa newsletter e receba todos os conteúdos do blog diretamente no seu e-mail!




Por
14/09/2017


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!