Azeite e medicina: 5 benefícios que você não imaginava


Azeite e medicina: 5 benefícios que você não imaginava

Você já pensou em aliar o uso de um velho conhecido da cozinha aos cuidados com a saúde? Pois agora você pode!

Famoso na medicina popular, o azeite tem sido o queridinho entre os pesquisadores, que já comprovaram a eficácia do produto no combate da gastrite, osteoporose e alívio de dores crônicas

Além desses benefícios, separamos mais 5 para que você entenda um pouco mais sobre a relação entre azeite e medicina. Confira!

1. Trata o diabetes

Segundo estudo publicado no Diabetes Care, da Associação Americana de Diabetes, consumir azeite ajuda a diminuir o nível de açúcar no sangue, prevenindo o surgimento de doenças como o diabetes tipo 2. Essa prevenção ocorre graças à presença da gordura monoinsaturada na composição do azeite, que protege tanto crianças, quanto adultos que não produzem insulina suficiente para a manutenção do corpo.

Dica: 5 mitos sobre azeite que você precisa parar de acreditar

2. Combate câncer de próstata e mama

Segundo pesquisadores americanos, os esteróis presentes no azeite de oliva podem agilizar o tratamento do câncer. Os experimentos mostraram que o ácido oleico reduz de forma significativa os níveis do gene Her-2/neu, presente nas células cancerígenas nas formas mais agressivas da doença.

Outro experimento mostrou que o ácido oleico presente no azeite não apenas neutraliza o gene Her-2/neu, mas também aumenta a eficiência do trabalho dos anticorpos mononucleares. Essas descobertas concluem que o uso do azeite agiliza o tratamento contra o câncer

Conheça os nossos azeites extra virgens clicando no banner abaixo!

banner azeites

3. Reduz a gordura abdominal

Conhecendo as propriedades do azeite de oliva, pesquisadores decidiram comparar o físico de pessoas que consumiam azeite regularmente com aquelas que não consumiam o produto.

O resultado? O grupo com menor consumo de azeite apresentou mais quantidade de gordura acumulada na abdômen. Ou seja: consumir azeite favorece o emagrecimento, evitando o acúmulo de gordura na região da cintura.

Esse fato também está diretamente ligado às doenças cardiovasculares, que são mais suscetíveis em pacientes com gordura abdominal acumulada. Pesquisas apontam que consumir azeite de oliva pode reduzir em até 30% o risco dessas doenças.

4. Age como anti-inflamatório

Para aliar azeite e medicina na ação anti-inflamatória, o produto passou por diversas pesquisas. Foi nesse processo que os cientistas encontraram ômega 3, 6 e 9 presentes no azeite e comprovaram a tese de que o produto age na redução de pontos inflamados no organismo.

Mas atenção! Para garantir a ação anti-inflamatória do produto, é preciso utilizar um azeite extra virgem de qualidade e consumi-lo constantemente.

5. Reduz manchas na pele

Segundo pesquisadores e especialistas da área de dermatologia, o azeite possui propriedades excelentes para a saúde da pele.

Além de ser ótimo para a limpeza e hidratação, ele também combate eczemas, manchas escuras, queimaduras solares e outros tipos de manchas de pele. As propriedades do azeite de oliva acalmam a pele e promovem cura rápida!

Clique no banner e confira nossos azeites de oliva extra virgem!

banner azeite

Como você pode ver, a relação entre azeite e medicina é muito importante atualmente, uma vez que o produto traz diversos benefícios à saúde de quem o consome. Quer acompanhar mais conteúdos como esse? Assine a nossa newsletter e torne-se um expert em azeites!



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!